diabetes

Qual a relação entre obesidade e diabetes?

Você sabia que a obesidade e o diabetes são altamente relacionáveis. Mas, como? Vamos entender primeiro o que é a obesidade, antes de nos aprofundarmos no tema.

Confira, a seguir!

O que é obesidade?

A obesidade é uma condição em que acontece o acúmulo excessivo de gordura corporal. A forma mais fácil de diagnosticá-la é através do cálculo do IMC (Índice de Massa Corporal).

O cálculo é feito dividindo-se o peso do paciente por sua altura elevada ao quadrado. O resultado normal deve estar entre 18 e 25. IMC acima de 30 é considerado obesidade.

Vale destacar que a obesidade é um grande fator de risco para várias doenças, como hipertensão, enfermidades cardiovasculares, diabetes tipo 2, dentre outras.

As causas da condição podem ser relacionadas a fatores genéticos, ambientais, estilo de vida e emocionais. Dessa forma, a inatividade e o sedentarismo contribuem fortemente para o desenvolvimento do excesso de peso. Soma-se a isso os péssimos hábitos alimentares, especialmente com grande volume de carboidratos, gorduras e calorias ingeridas.

O que é o diabetes?

Diabetes, por sua vez, é uma doença causada tanto pela produção insuficiente, quanto pela má absorção da insulina pelo organismo. A insulina, por sua vez, é o hormônio que regula a glicose no sangue e garante energia para o organismo.

Sendo assim, o diabetes pode causar o aumento da glicemia (açúcar no sangue). As altas taxas podem levar a complicações no coração, artérias, olhos, rins e nervos. Em casos graves, pode haver a morte do paciente.

Dados da Sociedade Brasileira de Diabetes mostram que, no Brasil, mais de 13 milhões de pessoas estão vivendo com o diabetes. Isso representa 6,9% da população do país.

Relação entre obesidade e diabetes

As condições que levam à obesidade são responsáveis por causar o diabetes tipo 2. A grande quantidade de gordura pode fazer com que o organismo não dê conta de produzir insulina suficiente e controle os níveis de açúcar no sangue.

Assim, geralmente, maus hábitos alimentares e sedentarismo fazem com que as necessidades de insulina aumentem, já que os receptores diminuem.

Sendo assim, uma alimentação desregrada e com altas doses de carboidratos refinados, além do sedentarismo, gera o acúmulo de gordura no corpo. O que, consequentemente, também pode levar o organismo a se tornar resistente à insulina.

Porém, a obesidade e o diabetes podem ser controlados com a prática regular (e orientada) de atividade física, redução de peso e dieta equilibrada. Para isso, é importante buscar um médico especialista em obesidade e diabetes para obter a orientação correta para sua saúde.

Quer saber mais? Clique no banner!

Powered by Rock Convert

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

© Desenvolvido com pelo iMedicina. Todos os direitos reservados.